terça-feira, 3 de novembro de 2009

Filhos de Pastor


O assunto da reportagem de capa da revista Geração JC desse mês foi: filhos de pastor.
Lendo o artigo me identifiquei com algumas reclamações, à maioria delas é que alguns irmãos dizem que devemos ser exemplo.
O jornalista Henrique Rodrigues, que escreveu o artigo, procurou comunidades no Orkut que tivessem a ver com o assunto, vários adolescentes diziam: “Sou o filho do pastor, não ele”. O que os adolescentes querem dizer com isso é que muitas vezes alguns irmãos dizem que os filhos de pastor devem conhecer toda Bíblia, ou desempenhar tarefas que o pai faz.
Outra famosa reclamação e que muitas vezes os irmãos dizem: “Filho de pastor é pastorzinho”. Cada pessoa deve ter seu encontro espiritual com Deus e assim descobrir seu dom para engrandecer o nome do Senhor, não é porque o adolescente é filho de pastor que ele também vai ser pastor. Ele vai seguir o que Deus tem na vida dele.
Todos os cristãos devem ser exemplo na igreja e não somente os filhos de pastor, Deus quer que todos que estejam na igreja sejam exemplo, o pastor é somente um organizador da igreja e não um “segundo Deus” como dizem alguns irmãos.
E você? O que acha sobre o assunto? Deixe seu comentário.

Céfora Ulbano Carvalho

6 comentários:

Denise Malafaia Cerqueira disse...

Oi, Céfora!
Meus filhos, são filhos de pastor, e graças a Deus, eles nunca passaram por isso...porque quando chegávamos numa igreja para pastorear, ministrávamos à igreja sobre esta questão. Deixávamos bem claro, que eles eram crianças, adolescentes ou jovens, como todos os outros da igreja. Tinham suas próprias experiências com o Senhor e seu reino. Tendo que seguir a palavra como qualquer outro que estivesse ali na comunhão da igreja.
Hoje, eles, estão criados e dois já são casados, só uma é solteira com 25 anos. Eles servem ao Senhor com um coração de filhos e servo de Deus, que têm buscado fazer a Sua vontade. E, segundo, eles, não gostariam de ter tido um pai que tivesse qualquer uma outra funçao, que não pastor.
Os pastores precisam ensinar a igreja a esse respeito e tornar a vida de seus filhos de pastor, uma vida de prazer e de alegria constante haja o que houver.
Bjs!

Carlos Henrique Rodrigues disse...

Oi Céfora!!! A paz!!!

Sou o jornalista Henrique Rodrigues e fiquei muito feliz ao saber que de alguma maneira a matéria tenha servido pra te trazer paz e reafirmar questões que parecem tão bem resolvidas pra você. Lembre-de: Se vc foi escolhida por Ele pra ser filha de alguém de tão grande responsabilidade, é poque sabe que essa experiência será muito válida pra vc no futuro! Durante a apuração da matéria, reparei que todos os filhos de pastor têm uma coisa em comum: Só acham chato durante a adolescência. Depois passa! E todos adquirem muito orgulho. Pode escrever isso pra ter a prova depois. Ah... tenho uma ideia! QUe tal guardar a revista num lugar muito bem guardado pra vc tentar encontrá-la daqui há uns 5 ou 10 anos? Aproveite e escreva sua impressão na revista também. Garanto que você dará muita risada de tudo que pensava.

No geral, desejo que você seja uma bênção onde quer que passares! Não por ser filha do dirigente de pastor, mas por ser filha do REI!!! Ele tem desenhado cada passo da sua caminhada e você perceberá com o tempo o quanto foi bom ter alguém em sua casa que o ensinou a servi-lo tão bem!

Deus te abençoe, Céfora!!!

Céfora disse...

Olá Denise,

é isto que todos os pastores deviam saber, pena que alguns só se interessam com a igreja esquecendo esses detalhes.

Bjs,

Céfora

Céfora disse...

Oi Henrique,

tenho certeza que sim, muito obrigado por ter me dado inspiração para escrever esse texto, esse é um assunto pouco discutido mas que precisa de atenção.

Céfora

polly_...k.k@hotmail.com disse...

oiiiii céfora tudpo bem amei o seu blog e quero te diser que ser filhp de pastor ñ é nada facil mas é praserozo a materua da resvista é um macimo e eu ñ poderia de deichar de falar do mundo de rebeca de leio sempre esse livro é um mascimo
xau beijosss!

Céfora disse...

Oi polly,

Obrigada pelos elogios ao blog, tenho que admitir que ser filha de pastor não é nada fácil mas como você própria disse é bom, que bom que você gostou do livro.

Beijos,

Céfora

Related Posts with Thumbnails